1. O que é "eletroestimulação erótica"?

"Eletroestimulação erótica", e-estim, ou mesmo, e-stim é a prática de obter prazer erótico através da aplicação de eletrochoques de baixa intensidade nas regiões erógenas do corpo humano.

2.Quem pratica e-estim?

Pessoas solteiras, casais, grupos de amigos. Heterossexuais ou não. Enfim, os amantes do BDSM, pois exige uma certa mística, pois não são todos, os afeitos aos eletrochoques.

3. Por quê se pratica e-estim?

É uma prática BDSM como todas as outras. Envolve uma mistura de dor e prazer e uma boa dose de imaginação. Se não for afeito às outras práticas BDSM, esta também é desaconselhada.

4. Qualquer um pode praticar?

Não. Certamente portadores de marcapasso estão excluídos. Outros grupos de risco, deve-se consultar um médico. Aliás, é uma prática que deve ter acompanhamento médico e todos os riscos à saúde ainda não são conhecidos.

5. Existem publicações especializadas?

Ao que parece, sim. Existe até um "site" da Erotic Electro Estim Magazine (em inglês). Nunca tivemos um exemplar deste periódico em mãos, mas o "link" está adicionado aos Favoritos...

6. No que se consiste o e-estim?

Consiste em uma técnica de "enganar" as terminações nervosas existentes nas regiões erógenas do corpo, produzindo impressões sensuais e até o orgasmo, se bem praticado. Os estímulos são gerados em um aparelho próprio, de baixa intensidade e transmitido aos tecidos através do posicionamento de eletrodos apropriados.

7. Pode-se produzir um "aparelho caseiro" de e-estim?

Sim, embora isso não seja aconselhável. Terá que ter bons conhecimentos em eletrônica para produzir um aparelho realmente confiável, segundo a norma norte-americana para TENS. E a confecção de eletrodos caseiros também é possível, embora igualmente desaconselhada.

8. O E-estim pode ser praticado na gestação?

Não é aconselhável. Não conhecemos todos os riscos desta prática e de qualquer maneira, deve sempre vir acompanhado de orientação médica.

9. Pode ser praticado por casais?

Sim. Há muitos relatos na Internet sobre isso. Existem inclusive "esquemas seguros" para compartilhamento dos eletrodos. Demanda cautela e o beijo, por exemplo, é altamente desaconselhado durante esta prática.

10. Vi esquemas de montagens na Internet. São seguros?

A maioria, não. Como estão sendo veiculadas muitas apostilas e esquemas, a este respeito iremos discutir detalhadamente as principais técnicas utilizadas e os principais riscos de cada uma.

11. Vi desenhos e fotos sugestivas na Internet. Podemos tentar copiá-las em casa?

Não se arrisque! Há muitos desenhos incorretos, de montagens que certamente poriam em risco o praticante. Quanto às fotos, ainda há muitas práticas incorretas acontecendo, infelizmente...

12. E-estim é perigoso?

Depende. Uma prática mal realizada pode causar queimaduras graves e até a morte. Por isso é necessário conhecimento e cautela antes de se aventurar em qualquer dessas práticas.

AUTOR: SENHOR_CARLOS
FONTE: SITE DESEJO SECRETO