A AtomAge Magazine surgiu nos anos 70. Seu idealizador foi Jonh Sutcliffe, um apaixonado pelo couro que viu nesse projeto uma forma de explicar às mulheres o motivo dos homens quererem vê-las vestidas assim.

Inicialmente mostrava apenas fotos de roupas de couro, mas gradualmente o rubber e o bondage foram incorporados à revista. A receptividade foi boa e ela foi desmembrada, surgindo então a AtomAge International, que mais tarde foi renomeada para AtomAge Bondage voltada para um novo público fetichista. Distribuidores internacionais foram encontrados para as três revistas e as publicações passaram a ser vendidas em todo o mundo.

A Atomage Magazine também vendeu livros e outras publicações dedicadas ao fetiche e infelizmente uma dessas publicações, The Story Of Gerda, chegou às mãos da polícia, que invadiu as instalações da revista apreendendo todos os exemplares e as chapas de impressão (avaliadas em £50.000 na época).

"The Story Of Gerda" rendeu-lhe ainda uma multa de £1.000. A perseguição policial fez com que ele nunca mais conseguisse se reerguer. John morreu em 1987 em seu escritório.

O título da revista Rubberist foi comprado pela L&M Modas que continua a imprimir novas edições.

,